sábado, 30 de junho de 2007

Sonhos



Meus sonhos feitos de espuma
Formados lá longe…. com as ondas…
Vêm e vão…….
Pouco a pouco se desfazem
Ficando só espuma no chão.

Meus Sonhos feitos de espuma,
Como o piar da gaivota se perdendo pelo ar…
Nas rochas se desfazendo
Sem nada para contar.

Meus sonhos feitos de espuma
Não se desfaçam ainda
Quero sonhar um pouco mais
Enquanto a noite não finda……

Meus sonhos feitos de espuma!

BF

sexta-feira, 29 de junho de 2007

quinta-feira, 28 de junho de 2007

Que Hiciste

Ânsia de te querer


Na ânsia de te querer fugi de mim.
Vagueando contra ondas
Nas marés-cheias de destinos…
Cruzadas apreendi,
Deambulando meu corpo,
Trancando sorrisos,
Calando prazeres...
Cerrar fileiras nas areias quentes,
Hasteando bandeiras de esperança
Em mastros secos feitos de ramos
De árvores caídas…
Fruta madura, esquecida,
Hortelã-pimenta em orla de riacho
… Pura no te sentir!
Barro lamacento no usar,
Matéria que me molda
O querer-te
Boneca frágil….flor
Centelha de vida encontrada no prado!
Espiga em seara ….
Vida renascida
Na fuga de mim
Na ânsia de te querer!

BF
foto retirada da net

terça-feira, 26 de junho de 2007

Contras da Vida

Penso e repenso
No meu não pensar.
Acho e não acho
O que não achei.
Quero e não quero
O meu não querer.
Sou e não sou
Um contínuo ser.
Tenho e não tenho
Um ter de não ter.
Amo e não amo
A quem não amei.
Penso
Acho
Quero
Sou
Tenho
Amo
Um simples viver!

BF
imagem retirada da net.

segunda-feira, 25 de junho de 2007

Se Quiser

Fuga

Continuar na ânsia, na esperança
Desejando ouvir
Palavra quente, profunda que toca na alma …
Querer, esperar e não saber quando chegas
Hoje esperei
Todos os minutos te espero numa simples palavra.
Sons …ecos …ocos
Desabrochar….
Sensações ….
Contínua espera
Sem passado a recordar
Vida presente a viver
Nem …. Futuro a construir!
Cansada de momentos.
Fugas de mim talvez. Medo de ceder.
Partilhar.
Arriscar viver. Vida que nunca vivi por medo.
Os meses passam…anos e estou igual. A viver de momentos.
Momentos de amor,
Momentos de carinho,
Momentos de partilha,
Momentos vazios….
Anos de Solidão!
Fobias …
Traumas…
Recordações de momentos vividos.
Quero viver!
Viver momentos ininterruptos no sentir…
Não mais interregnos.
Já chega!
Quero mudar!
Viver!
BF

sábado, 23 de junho de 2007

Arco-íris


Arco-íris…

Sete cores, sete sonhos, ilusões

Arco-íris…

Desencanto ou encantamento dos corações

Arco-íris…

Reflexo de amor, grandes paixões

Arco-íris…

Uma mistura de confusões

Arco-íris…

Sete cores, sete esperanças, sete canções

Arco-íris…

BF


quinta-feira, 21 de junho de 2007

Cidade Luz







Cidade luz
Branca, mármore em colinas
Altaneiras
Olhares saudosos de outras viagens
Velas ao vento, cruz cravada
Fé, paixão
Num leito feito rio.
Versada Pessoa,
Por Amália cantada
Mágica fuga de amores outrora …
Perdidos.
Batalhas travadas
Cidade mourisca…
Conquistada em nome de Deus,
Erguida …
Vestida do mar que por ti entrou
Levando teu sangue teu corpo e vida!
Renascida da força de
Lusos Amantes
Vistes passar Abril
Nas revindicações de Maio!
Menina …chamada.
Rainha do fado
Em ruelas suspirado.
Por tantos amada
E tão esquecida
LISBOA …..Querida!

BF


quarta-feira, 20 de junho de 2007

terça-feira, 19 de junho de 2007

Jogo















Jogo sem regras,
Intuição... limites
Ângulos difusos
Emoções que extravasam,
Análogo rio saindo do leito... tentoVencer...
Batalha perdida
Enraizada em mim,
Travada em meu corpo!
Vencida pelo querer
Lutar por ti
E ganhar...
Perdi!
BF

domingo, 17 de junho de 2007

Portugal...Censurado....

Após me consciencializar da verdadeira dimensão dos ataques à liberdade de expressão que actualmente vivemos.

Após encontrar semelhanças no estar desta sociedade, neste país e neste políticos que enfiaram os ideais de Abril na gaveta dos fundos, aquela que nunca é aberta porque a chave foi atirada ao mar.

Para mim que todos os anos revivo o 25 de Abril com o mesmo romantismo com que me foi transmitido. E o tento transmitir com a mesma liberdade de expressão….

Liberdade definida como:

Liberdade de expressão é o direito de se manifestar opiniões livremente. “

"A liberdade de expressão é um conceito considerado frequentemente integral nas Democracias liberais modernas para eliminar a censura. O discurso livre é também apoiado pela Declaração Internacional dos Direitos Humanos, especificamente sob o artigo 19 da declaração universal dos direitos humanos e o artigo 10 da convenção europeia de direitos humanos, embora esse direito não seja exercido em vários países.”
(Origem: Wikipédia)

Após chegar à conclusão que, hoje dia 17 de Junho de 2007, Portugal está inserido nos países que não exercem o direito veiculado no artº 19 da DECLARAÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS e nem no artº 10 da CONVENÇÃO EUROPEIA DE DIREITOS HUMANOS …… (mesmo fazendo parte dela e estando a ser presidida por um português)

Assim .. só me apetece Gritar:

AI …Portugal … Portugal ………
Portugal, Portugal

Tiveste gente de muita coragem
E acreditaste na tua mensagem
Foste ganhando terreno
E foste perdendo a memória

Já tinhas meio mundo na mão
Quiseste impor a tua religião
E acabaste por perder a liberdade
A caminho da glória

Ai, Portugal, Portugal
De que é que tu estás à espera?
Tens um pé numa galera
E outro no fundo do mar
Ai, Portugal, Portugal
Enquanto ficares à espera
Ninguém te pode ajudar

Tiveste muita carta para bater
Quem joga deve aprender a perder
Que a sorte nunca vem só
Quando bate à nossa porta

Esbanjaste muita vida nas apostas
E agora trazes o desgosto às costas
Não se pode estar direito
Quando se tem a espinha torta

Ai, Portugal, Portugal
De que é que tu estás à espera?
Tens um pé numa galera
E outro no fundo do mar
Ai, Portugal, Portugal
Enquanto ficares à espera
Ninguém te pode ajudar

Fizeste cegos de quem olhos tinha
Quiseste pôr toda a gente na linha
Trocaste a alma e o coração
Pela ponta das tuas lanças

Difamaste quem verdades dizia
Confundiste amor com pornografia
E depois perdeste o gosto
De brincar com as tuas crianças

Ai, Portugal, Portugal
De que é que tu estás à espera?
Tens um pé numa galera
E outro no fundo do mar
Ai, Portugal, Portugal
Enquanto ficares à espera
Ninguém te pode ajudar

(Música de Jorge Palma)

sexta-feira, 15 de junho de 2007

Meu brilho ...tu

Aquecida pelo sol da Planície fiquei
Minha pele reflecte seu brilho
Poros emanam a sensualidade de suas mãos
Inundada com seu cheiro maduro
De Homem vincado em mim…
Como Girassol rodopio em si
Tentando não perder um único raio
Que me sacie …volúpia em seus lábios,
Beijar, alar ao infindo prazer …
Aquecida...enfim!

BF

quinta-feira, 14 de junho de 2007

quarta-feira, 13 de junho de 2007

Desire

Hoje estou com desejo de ti!

Hoje estou com desejo de ti!
Te espero na sala,
Feito musa, amiga
Com um copo na mão
E sorriso nos lábios …
Hoje estou com desejo de ti!
Te espero no quarto
Nua, com o corpo a arder
Antecipando o prazer…
Hoje estou com desejo de ti!
Te espero mulher
Corpo aberto feito flor
Pronta a receber tuas carícias…
Hoje estou com desejo de ti!
Te espero enrolada
Feita cobra, vagabunda
Me gritando ao ouvido
Na hora da junção do nosso prazer..
Hoje estou com desejo de ti!
Te espero feita meretriz,
Rameira que percorre as ruas escuras
E te elege como cliente amado…
Hoje estou com desejo de ti!
Vem então

Me acarinha amigo,
Possui como se eu fosse amante,
Perdida vagabunda
Que no teu corpo se enrola e funde
Satisfaz o prazer da carne…
Subjuga com tuas mãos
Em que o meu corpo se perde
Como meu amo …meu senhor!
Me afaga, aconchega em teus braços
Me leva ao céu com teus beijos ..
Te espero hoje … estou com desejo de ti!

BF

terça-feira, 12 de junho de 2007

segunda-feira, 11 de junho de 2007

Meu Sol....

Se o amor nasce
Como nasce o Sol.
Se o amor vive
Como o Sol brilha.
Se o amor se apaga
Como o Sol se esconde.
Então?!
Para quê amar?
Mas,
É tão bom amar
Como é viver.
É tão bom sonhar
Com o nascer do Sol.
Viver cada dia com carinho e amor
Para que a noite não seja apenas
O por do Sol,
Mas sim…
Que a cada noite
Esperes um novo Sol…
Com muito Amor!

FB

(ainda na fase teenager......)

Junho mês recordação .... LF

(não deixem de dar um certo e verdadeiro desconto... isto foi escrito quando era teenager!!!!)

O amor que não me deste
Lábios que não beijei
Hálito que não bebi
Olhos que só olhei
Sabor que não provarei.

Amor, és meu desespero
Zumbido na solidão
Viver contigo…. Iludida
Ilusão que me é tão querida
Sofrimento em meu coração….

BF
(ai....acho que não devia ter postado isto!!!!!!!)

sábado, 9 de junho de 2007

Papoila do Deserto ...Mar Sequiosa












Areia quente em meu ventre
Salpicos de água do mar
Amante que me enrola, acaricia…
Embala
Suave nanar em leito de espuma e sal…
Que arranha a pele, excitando
Levando por caminhos escuros.
Prazeres contidos num grito
De desejo
E não te ter!
BF










sexta-feira, 8 de junho de 2007

Jesus Christ Superstar (1973) I Dont Know How To Love Him 11

Maria Madalena


Como Maria Madalena
“I dont know how to love him….
He's a man. He's just a man
And I've had so many
many men before
In very many ways
He's just one more….”

Para mim, vem
Tenho estado à tua espera, quero te sentir de novo
O sonho ainda não morreu.
Meu corpo ressequido de não te ter definha de
meses passados…..muitas horas sós.
Na noite as minhas mãos imaginam carinhos em teu tronco
Liberto-me de ti ao mesmo tempo em que me afundo.
Que estranha sou.
Não tenho saudades do que tive do que vivi.
Tenho saudade de ti… que não tenho nem vivo.
Outros homens passaram por mim…
Por uns fui amada, querida e a poucos amei.
Amei quem me usou e usei quem me amou,
Subjugar o amor…
O desejo do impossível.
Sina minha… talvez .

He's just one more!

BF

Are You Lonesome Tonight?

Erro meu, 2ª parte


"... Quero que saibas que para mim representou muito, e com certeza que para ti também. Poderás agora perguntar o porquê de eu iniciar a carta com a tradução. Porque nesta letra está um pouco do que realmente se passou, o qual eu passo a explicar:

Todos nós temos um papel a representar, a nossa vida. Podemos representá-lo bem ou mal, tudo depende da maneira como nos entregamos ao papel, como representamos cada MOMENTO. Para ser uma boa representação os momentos terão que ser vividos intensamente, esquecendo as más representações do passado, e esquecendo o que no futuro as pessoas possam dizer dessa representação.
A peça principal da nossa interpretação é o amor, o convívio com o outro.
Neste ponto, qualquer coisa de bom se passou.
O carinho foi aumentando, a amizade reforçada, até algo mais se construir ao longo do tempo, desde o dia 10 de Junho, até hoje.
Soubeste mostrar o quanto me querias, soubeste mostrar o que sentias, e, fundamentalmente soubeste explicar aquilo que eu não percebi.
Felizmente foi a tempo de reparar o mal causado.
Soubeste ler as frases sem esquecer nenhuma deixa.
Não chegaste a falar de amor. Falaste naquilo que querias.
Quanto a isso não mentiste, e disso não tenho duvidas.
Apesar de estarmos longe, quero que saibas que só pelo facto de me sentir desejado por alguém, faz com que haja força para continuar a viver.
Agora o cenário é diferente. Ambos sozinhos, com o vazio à nossa volta.
Se não nos voltarmos a ver então a peça que acabe, que o papel representado seja guardado para depois ser recordado…

Há certas coisas que não se podem transmitir para o papel. Daí não conseguir escrever mais nada ...."
(2ª parte da carta)
Está a fazer 14 anos o facto que levou ao fim da relação e a esta carta.
Na altura não soube ler as entrelinhas....
Terminavas a carta pedindo que te não esquecesse... Não o fiz. Voltamos a encontrar-nos passados 12 anos, explicamos um ao outro, aquilo que não soubemos ler nas entrelinhas. Penso que dissemos tudo o que havia para dizer. Cada um com o seu percurso de vida, sonhos e desilusões...vamos levando. Nesse encontro acho que provamos que não passa a mesma água por debaixo da ponte 2 vezes. Importa o carinho que ficou e o saber que não voltará a haver distâncias entre nós. Sabemos que podemos contar um com o outro mesmo que estejamos dias sem nos falar. Estamos à distância de um telefone, de um clic no teclado e de uma viagem de 2 horas de comboio.
Já pedi desculpa pelo passado. Sabes que estarei sempre aqui....... Continuará a haver um carinho especial para ti se precisares.

Erro meu

Ao longo dos anos cometi vários erros....




Magoei pessoas que só vim a saber magoadas muitos anos depois.


Estou a recordar.... pedindo desculpa



Porto, 25 de Agosto de 1993

“Será que estás sozinha esta noite?
Alguém disse que o mundo é um palco, e nós temos um papel a representar.
O destino fez-me representar o amor, e tu fazias parte dele.
1º acto: após o 1º encontro
Amei-te logo que te vi.
Lês-te as tuas frases tão bem e nunca deixaste escapar uma deixa.
Depois vieste ter comigo
Mudaste, agiste de uma maneira diferente e porquê, nunca o saberei.
Querida, mentiste quando disseste que me amava, e eu não tenho razões para duvidar.
Mas prefiro continuar a ouvir as tuas mentiras, do que viver sem ti.
Outro cenário é montado.
Eu estou sozinho, sentindo um vazio à minha volta.
E se não quiseres voltar para mim,
Então o pano pode descer…”

Elvis Presley

Are You Lonesone Tonight


(1ª parte de uma carta sentida que guardo com muito carinho até hoje... )

quinta-feira, 7 de junho de 2007

quarta-feira, 6 de junho de 2007

:)

Só me apetece dizer amo-te …mesmo que não saiba o que isso é.
Amo-te… Amo-te… Amo-te… Amo-te… Amo-te… Amo-te…
Amo-te… Amo-te… Amo-te… Amo-te… Amo-te…
Amo-te… Amo-te… Amo-te… Amo-te…
Amo-te…Amo-te…Amo-te
AMO-TE

Não sei mas se o meu tremor no peito é isso …Agora estou a te amar

terça-feira, 5 de junho de 2007

Woodstock 2006 ... o meu


Encantamento de momentos vividos
Ritmados pelos acordes de guitarra de Carlos Santana
E a intervenção das palavras de Roger Waters …PF
No calor da noite mágica em que
A dança, o balançar atraía os corpos como imane
A um ritmo tão sublime
Para mim…...

Fomos levados pelo encantamento,
Mística ou revivalismo ….
Voltamos a ser os adolescentes irreverentes
Vivemos o nosso Woodstock
Num parque desta cidade

Olhando em volta a nossa geração em peso
Quebrando a rotina, as regras esquecendo
O fato, gravata e a pasta … o cheiro …
“charros” …..
A viagem foi longa… o cansaço nas pernas
Levou-nos, assim como a tantos outros,
A procurar um espaço mais amplo no qual nos deitamos...
No chão, olhando as estrelas e repousando o corpo… beber as melodias
Frases de intervenção ……… Roger Water.
Já passava das 3 da manhã ….Uma Noite Mágica.

Gostei de viver essa noite contigo...
Louca…sempre a ouvir Pink Floyd, eu…
Uns dias mais tarde disseste “que te abri horizontes musicais”
Os meus horizontes …
Tu abriste outros horizontes em mim Prof.



Hoje tive vontade de reviver
O nosso WOODSTOCK em 2006


domingo, 3 de junho de 2007

ANJO DO PECADO



Desejo e sedução
Emana de teu corpo, teu odor
Que se entranha em mim
Desperta sensações..... o calor
O teu o meu
Sinto-o
Devagar....... chegando a transbordar de alucinação.
Por não te ter.
Passo as mãos por mim
Imagino tuas, essas mãos que me percorrem.
Pernas entrelaçadas nas tuas......
Contracção das minhas, conter o desejo
Por não te ter.
Sequiosa de ti...... fecho os olhos para te sentir em mim.
Morder o lábio, continuar a sentir tuas mãos a brincar em meu corpo
Sentir a tua lingua em meu clitóris
E....... chupar e morder os meus lábios intimos
Provocando, queimando......
Tua chama em mim.
Provoca-me............ penetra-me
Faz-me sentir
O prazer em mim......... de ti.

BF/Angel

sábado, 2 de junho de 2007

Perdida







Perdida em ti homem alado.
Asas d’um sonho criado
No escuro da noite só…
Sem o corpo que acalma, preenche o meu.
O perfume que não fica na minha almofada.

Árida por não te ter….
Ciúme de não te saber,
Angústia de não te ler…
Na pagina branca que transformei para nosso leito
Com lençóis feitos de música que me levitam a ti.

Medo de te perder
Ainda que, perdida em ti…. Ore,
Pela coragem de te esquecer

BF