segunda-feira, 11 de junho de 2007

Junho mês recordação .... LF

(não deixem de dar um certo e verdadeiro desconto... isto foi escrito quando era teenager!!!!)

O amor que não me deste
Lábios que não beijei
Hálito que não bebi
Olhos que só olhei
Sabor que não provarei.

Amor, és meu desespero
Zumbido na solidão
Viver contigo…. Iludida
Ilusão que me é tão querida
Sofrimento em meu coração….

BF
(ai....acho que não devia ter postado isto!!!!!!!)

3 comentários:

gasolina disse...

OH! Papoila!

Então não devías, porquê?
O que vem detrás faz tb o que és agora!
...e não continuas a ser uma teenager?

Um beijo

poetaeusou disse...

/
mulher, menina ...
/
e
o vermelhão
emerge dos
dourados trigais
do nosso quotidiano ...
/
ji
/

Kalinka disse...

e...porque não havias de ter postado o que é muito teu? faz parte da tua pele...

A nova aldeia da Luz,
tem casas modernas
que imitam a tradicional
linha arquitectónica alentejana.
A planta da vila
é muito ordenada,
estilo ortogonal (com ruas e avenidas perpendiculares)
e é fácil perceber que foram feitas de encomenda.
Assim nasceu uma nova aldeia, neste belo País à beira-mar plantado.

PAPOILA:
Uma dúvida me atormenta: será que os habitantes desta nova aldeia são felizes, na sua vida diária, com uma mudança tão radical nas suas vidas próprias?
Que achas? dá o teu parecer.

Boa semana.
Beijitos.