sábado, 20 de dezembro de 2008

Num dia de Dezembro

Os dias passaram
Depois, foram meses e já anos a passar
...por mim.
Foi num dia igual ao de hoje, marcado no calendário.
Trago comigo as memórias do que fomos nessa tarde.
Do encontro tantas e tantas vezes vivido...
O desejo que me iluminava o olha,
E, o rio de amor à nossa espera.
Eras o meu barco parado no cais...aguardando por mim.
Foste o ponto de embarque...
Soltaste as amarras
E eu continuei
Viajante solitária por esse rio
De uma só corrente...
A minha.
E neste barco à deriva de sentires,
Hoje... num outro dia igual,
A tantos outros que já passaram,
Continuas a ser a corrente que me faz balançar
... Continuas a ser o meu mar...
A foz onde acabo sempre por desaguar.

BF

14 comentários:

Maria disse...

É sempre bom termos um ponto de partida e um cais de chegada...
... um barco onde navegar e uma foz onde desaguar...

Muito bonito, Papoila!

Um beijo, com saudades

O Profeta disse...

Sabia apenas que era um pequenino naquela longa noite
No celeste um luminoso sorriso me chamava
Lançou-me aos olhos raios de deslumbrante luz
Era a minha prenda, uma brilhante…Estrela Alva…


Um Mágico Natal para ti querida amiga que ao longo deste ano me visitaste. Que a Estrela Alva te ilumine neste Natal.



Mágico beijo

Gasolina disse...

Um Feliz Natal para ti minha Papoila dos Girassóis.

Um beijo
Outro para a Papoilinha

Amaral disse...

Na verdade, o Natal terá de ser todos os dias!
Que todos os dias do novo ano sejam, então, natais de doce sabor, momentos desdobrados de amor colectivo, que nos faça ser aquilo que desejarmos em cada momento da vida...
Natal feliz para ti e para tudo à tua volta!

NuNo_R disse...

Boas Festas e Bom Ano de 2009!

antónio paiva disse...

...

hoje "revi-te" e reli-te com mais calma. soube-me bem.

tudo do melhor para ti e para os que te são queridos.

beijinho.

C Valente disse...

Santo Natal com amor, saúde e paz

Odele Souza disse...

Papoila,

Venho te agradecer pela visita e comentário no blog de Flavia. Obrigada também por manter aqui em seu espaço, o link do blog de Flavia.

Um bom 2009 pra você.

Um forte e carinhoso abraço.

poetaeusou . . . disse...

*
Uma feliz Quadra
lembrando …
,
Natal é em Dezembro
Mas em Maio pode ser
Natal é em Setembro
É quando um homem quiser
Natal é quando nasce uma vida a amanhecer
Natal é sempre o fruto que há no ventre da mulher
,
In - P. Carvalho
,
Conchinhas de Luz,
,
*

lua prateada disse...

Que o amanhecer deste Natal e também, aquele do Ano Novo que está para vir , traga para a tua vida todo o amor e abundância em teu coração.Sê sempre amavél, pois em geral todo o sêr que encontras e que por ti passa está a travar uma qualquer batalha e, ninguem é perfeito ao ponto de não ter necessidade de amor.

Beijinho com muito amor e carinho

Cidália=SOL

Maria disse...

Um beijo hoje
e todos os dias....

Jorge P.G disse...

Mais um bonito poema!

UMA NOITE FELIZ e UM NOVO ANO MELHOR DO QUE ESTE!

UM ABRAÇO.

Jorge P.Guedes

Sofá Amarelo disse...

Gosto de barcos, de cais, de rios, de água... também já tive barcos parados nos cais, os quais não apanhei porque não soube interpretar que eles tinham amarras à minha espera... gosto de cais!

Muito boas festas. Um beijinho grande do

Sofá Amarelo!!!

Multiolhares disse...

Se te faz viver, se te faz sentir,continua na tua foz
beijinhos