quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Nesta Passagem....

Quando passei por ti nesta caminhada da vida
Encontrei num olhar, num sorriso aberto
O carinho almejado durante uma existência

Quando passei por ti no percurso da jornada
Encontrei o amigo, sereno companheiro
De peito aberto para esvaziar solidões

Quando passei por ti na voluptuosa dança de nós
Encontrei o amante, sábio mestre
Na plena realização de sentires na torrente de desejos

Quando passei por ti no anoitecer da ilusão
Encontrei os sonhos desfeitos, rasgados no chão
Sem que nenhum de nós os tentasse reerguer

Quando passei por ti no reviver dos momentos
Encontrei-me a passar por ti, sem que marca
Alguma te infligisse nesta minha passagem

BF

23 comentários:

Entre linhas... disse...

Em cada flor um amigo,em cada pétala o perfume imaculado de momentos vividos.
Bjs Zita

Sei que existes disse...

É um bonito poema!
Espero que nunca deixes de tentar realizar os teus sonhos, e a tua passagem pela vida, nunca seja uma mera passagem...
Beijo grande

papagueno disse...

Um Girassol de passagem com boa musica e um belo poema.
Beijos

Maria disse...

É um dos mais belos poemas que já li por aqui, Papoila...
Parabéns...

Beijinho

Fernanda e Poemas disse...

Papoila minha linda amiga,obrigada pela visita ao meu cantinho das fotos.
Tens aqui escrito um poema lindíssimo, os meus parabéns do fundo do meu coração.
Beijinhos com carinho,
Fernandinha

poetaeusou . . . disse...

*
GIRA em torrente,
SOL ... da vida
*
ji
*

Dhyana disse...

A ilusão tem destas coisas, quando damos por ela, já dormimos na sua teia.
belo poema.
beijos..

Amaral disse...

Nada acontece por acaso, nesta vida e nesta existencia...
O olhar que encontraste e o sorriso que te deram tantos momentos felizes foram instantes unicos que nao vais esquecer e levaras contigo para outro qualquer nivel de consciencia...
Nesta ilusao, foste cumplice dos mesmos desejos... ainda que enleados em sonhos desfeitos...

astuto disse...

Há sempre um amigo de peito aberto para nos receber e tirar da solidão.

Cumps.

C Valente disse...

Em cada e para cada amiga uma flor
saudações amigas

SentidoS disse...

Os seres, deixam sempre nos lábios do vento, a essência aquando da sua passagem, o silêncio não cala o sentimento, apenas emudece o ruído da sua presença. Agradeço a nobreza e lembrança do teu gesto, fiz uma ode para mais tarde recordar a grandeza deste dia, ilha, ilhéu, uma perfeita sintonia.

Beijo Sentido

Papoila disse...

Querida Papoila:
Tão belo poema é a prova provada que mesmo de costas esse girassol com que te cruzaste jamais deixará de estar em ti... (só mudou de campo).
Beijos

Isabel-F. disse...

um triste .... bonito ... e sentido poema ...


beijinhos e bom fim de semana

Lumife disse...

Diversas fases da nossa vida tão bem expressas nas tuas palavras.

Bom fim de semana.

Beijos

SentidoS disse...

Passo para te deseja um pleno e agradável fim de semana...

Beijo Sentido

J.G. disse...

Bonito poema!
Escrever é bom e faz bem, não é?

Um abraço.

J.G. disse...

Ah! E adoro a música que estou a ouvir. Queen... Mercury, SEMPRE!

ferrus disse...

Um poema albergado entre a alegria e a dor... Tantos que a vida nos escreve assim...
E a dor que nos faz escrever tão bem...
Um beijinho

irneh disse...

Restam as recordações dos momentos expressos nas três primeiras estrofes!

Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
passei aqui
*

astuto disse...

De novo eu. Papoila, tenho uns premiozitos para ti.

Continuação de boas postagens e boa semana.

Jasmim disse...

Bonito poema. A vida é assim há pessoas que passam por nós e deixam uma marca imensa...

Amaral disse...

Passaste por ele, no encontro aprazado, e entregaste-te à dança das emoções...
Mesmo que desfeitos ou rasgados no chão, sabemos que criaram raízes e estão prontos a despontar de novo, em qualquer ponto da mesma roda da vida...
Em qualquer passagem, fica sempre um pouco do outro que sempre leva um pouco de nós...