terça-feira, 7 de agosto de 2007

Te espero



Corpo aberto
Te espero como terra lavrada
Desejosa de teu sémen que irriga
Canteiro plantado por ti
E agora sequioso…

BF

11 comentários:

antónio paiva disse...

..........

Belo!

(desculpa a minha ausência)

.............................

Beijo e noite serena

rui_amaral disse...

Fiz-te um pequeno desafio.
Bjs

João Cordeiro disse...

Curto e belo.

Tudo dito. Mais palavras seriam supérfluas.


Beijinhos sonhadores

poetaeusou disse...

*
papoila
*
por ti irrigado
em corpo de terra
aberto em espera
canteiro sequioso
lavrado desejoso
em mim plantado
*
jinos
*

Dhyana disse...

O Desejo faz de nós refens do nosso corpo e da nossa alma.
Beijos...

C Valente disse...

O dizer pouco, significar muti
Parabens, com uma flor
Saudações amigas com beijos

SentidoS disse...

Sensuais e quentes palavras. "Anti-Ciclone dos Açores"?...cego fui, que nunca tinha reparado em semelhante pormenor...muito bem.

Beijo Sentido

gasolina disse...

É a saudade a falar, a exalar.
Quente, quente.

Deixo-te um beijo, Papoila... Que fizeste aos Girassóis?

ooooooohhhh....

Papoila dos Girassóis...

astuto disse...

Muito bonito. Fala dos versos das imagens e do som.

Muito bom!

Cuymprimentos.

Fernanda e Poemas disse...

Papoila, Para que servem as palavras perante o que está diante dos nossos olhos!
Beleza + beleza, lindo!!!!!!!!!

BJS,

Fernanda

C Valente disse...

O dizer pouco pode significar muito
sauda�es amigas com beijos