sábado, 4 de agosto de 2007

Alma Dolente


imagem retirada de 1000imagens.com

Escondo-me em recônditas cavernas
Perscruto sonhos,
Idealizo vivências nas horas
Perdidas, em que de olhos fechados
Me sinto assim…
Alma dolente,
Coração recluso,
Na cela da memória
Erigida em chão de farpas
Que trespassaram sonhos,
Sangraram desejos contidos.
Profanaram momentos que
No vulgo prazer carnal…
Apreendi como amor.
E fantasio sorrisos
Para o Mundo não ver
Esta dor prisioneira
… Que quero Libertar!


BF

17 comentários:

£oµ¢o Ðe £Î§ßoa disse...

Olá menina...

Nunca se deve fantasiar sorrisos, o olhar deve transparecer o que nos vai na alma.

*Já te deixei no meu estabelecimento informação sobre o "gajo".
Sim, também gosto muito da voz dele, até tenho pena de o tirar de lá, mas tem que ser!

Gude uiquende per tê
Até outro instante

Shelyak disse...

Just let it go...

vagabundo disse...

por amor de deus, liberte-a depressa...o que daí virá.

C Valente disse...

Nas cavernas contidas n~~ao nos podemos libertar
Saudações amigas

Alexandre disse...

Somos sempre prisioneiros de qualquer coisa, nem que seja dos sorrisos fantasiados... mas devemos caminhar sempre só num sentido: o da libertação!!!

Muitos beijinhos!!!

Kalinka disse...

BOA NOITE DE SÁBADO PARA TI.
Também eu gostaria de conseguir LIBERTAR-ME...

Começa hoje a verdadeira Odisseia, não de Homero, mas da Kalinka...estás curiosa?
Então...
vem espreitar:

Uma dessas comodidades são as ruas subterrâneas, uma verdadeira cidade por baixo de ______, que permitem que a população transite sem precisar de casaco, botas, gorros e luvas. Ali, a temperatura é normal, talvez até um pouco quente demais. Na cidade subterrânea, as principais ruas do centro são interligadas por túneis, passagens para peões e escadas rolantes que ligam prédios comerciais, estações de metro, áreas de lazer, cinemas e hotéis, facilitando a vida dos peões. São mais de 30 km de extensão, onde as pessoas se encontram protegidas. Os turistas ficam fascinados com isso e, quando voltam da viagem, é só no que falam, como se em ______ não houvesse nada mais interessante que isso.

Bom domingo.

Vertice da Alma disse...

Voas no olhar profundo e sereno
De uma esperança sem horizontes
Essa essência divina
Que faz de ti não uma miragem
Mas sim.....
Uma Mulher.

Bom Fim de semana.

lua prateada disse...

Amiga!...liberta tua alma para a vida ! Não!!!Não sejas mais prisioneira...o mundo! a vida o céu, a terra o mar o ar o luar te esperam para te abraçar!!!...LIBERTA teu sÊR! Beijinho com carinho da
SOL

SentidoS disse...

Papoila!
Lindas letras. Perfeito sentir. Nos labirintos da nossa alma, existe um mundo dufuso, sombrio, dual em todos os sentidos, na qual poucos conseguem nele enxergar, c�pticos do pr�prio olhar, mas tu, mergulhas, imerges nesse mar e consegues o equil�brio controlar. Senhora virtuosa. Por vezes, sentimos tamanha dor, que dif�cil � a contermos...percebo-te perfeitamente.

Beijo Sentido

gasolina disse...

Chão de farpas.
Imagens brutais de decepção, desgosto, desalento.
No entanto, a vontade de libertar o coração, o amor.

Cada vez melhor... estás a esgotar-me os vocábulos.
Só sei que cada dia que passa aprecio mais e melhor a tua poesia.

Um granbde beijo Papoila dos Girassóis

©õllyß®y disse...

Que seja só um breve momento...

Doce beijo

Eärwen Tulcakelumë disse...

Que seja liberta ...

Pérolas incandescentes de força.

Eärwen

papagueno disse...

É hora de sair da caverna, não? Gostei do teu poema e a imagem é fantástica, muito bem escolhida.
Beijinhos

irneh disse...

Às vezes, fantasiamos sorrisos, outras sorrimos espontaneamente. É assim a vida.

Boa semana.

Claudia Perotti disse...

Liberte, só depende de ti!
Beijinhossss

Papoila disse...

Querida Papoila:
Abre a corola da alma... de sorrisos rasgados nas p�talas por mais fortes que sejam as ra�zes que te prendem!
Gostei do poema.
Beijo

Joana disse...

lindo!! adorei!

Bjinhos