domingo, 22 de julho de 2007

Desalento


Esmoreço olhares em prados longínquos
Elevo, meus braços tentando tocar o céu
Murmuro palavras já ditas,
Cansadas de tanto querer
Agarro lembranças que quero viver
Transformadas estão nos meus olhos fechados….

BF


Foto de minha autoria 

12 comentários:

©õllyß®y disse...

Ha momentos que que a força esmorece, mas que seja só um momento...

Bjca doce

Menina do Rio disse...

Tantas vezes nos agarramos às lembranças, para não deixar morrer o querer...
Um sorriso pra tu

SentidoS disse...

Perfeita imagem. As lembranças, são apenas isso, memórias de um tempo passado que não mais voltarão, marcas profundas que na alma flutuam, o tempo agora é de elevação, de erguer as forças escondidas, e embalar nas nuvens o nosso ser, tempo é de desbravar o caminho da coragem, e fazer dele um novo começo no caminho da vida...

Beijo Sentido

Maria disse...

Como eu te entendo......

Beijo

Maria Clarinda disse...

LINDOOOOOO!
Beijos mil

Um Momento... disse...

Momentos de vida...
Vontades ... desejos
Lindo o poema
Um sorriso.. um beijo(*)

poetaeusou disse...

*
avisto os prados
por tanto te querer
murmuro o viver
de olhos fechados
*
ji
*

Claudia Perotti disse...

Ás vezes cansamos mesmo de tanto querer, mas basta um sinal para esse cansaço ir para o espaço.
Boa semana para ti!

Beijinhossss

gasolina disse...

A chave do teu poema está tão só... naquela vírgula.

Sorrio.

Elevada e enlevada em tuas palavras, fecho os meus olhos como se por ti lesse.

Um beijinho.

Muito belo.

Amaral disse...

Todas as lembranças poderás depositar no baú do desejo de bem viver...
Mesmo que o desalento faça esmorecer a vontade e a força de estarmos bem com tudo e com todos...

C Valente disse...

Dependência não isso é vicio, e todos os vícios em excesso são condenáveis,
Pouco importa os outros, desde que estejamos bem com nós próprios, e fazendo as coisa por prazer se nos sentimos bem viajar pelos blogues, muito bem é o que eu faço, uns gosto e registo, outros nem por isso e passo sem dar sinal, mas mesmo os que gosto e faço amizade, não tenho nem quero ter compromissos
Como tudo quem é presente é lembrado, quem não nos visita, por certo não quer a nossa presença.
Gosto de receber e gosto muito de dar
Saudações amigas

Joana disse...

lindo...simplesmente lindo! Bjs