quarta-feira, 25 de julho de 2007

Demanda de mim




Riachos delindo meu corpo,
Socalcos inférteis em recantos escondidos,
Amante em horas esquecidas
Malhas da vida vivida no querer mais,
Além…sempre mais!
Amada definhando desejos contidos
Nos amares falhados de corpos cruzados
Em solitários caminhares!
Tarde entrega da alma
Que do invólucro desnudo
No reconhecer o verdadeiro sentir…
Passado refeito em cama amassada
Na demanda de mim!
Borracha que apaga beijos trocados
Em folha escrita pelo amor
De pura entrega em verões
Escaldantes de paixão…
Oásis que avistei
Na miragem do teu amor,
Ofertado em salva de prata
Arrastado pela força das águas
Riachos em meu corpo…

BF

Foto retirada da net

11 comentários:

DE-PROPOSITO disse...

'Na miragem do teu amor'
............
Muitas coisas na vida são miragens. O que para alguns são coisas simples e fáceis de alcançar, para outros serão apenas miragens.
Por vezes a existência reserva-nos muitos dissabores.
Fica bem.
E a felicidade por aí.
Manuel

Papoila disse...

Papoila!
A demanda de ti... a recordação da miragem do amor de verões passados... riachos que correm de ti... por ti... para ti...
Beijo

C Valente disse...

Natural é o nascimento e isso é que é importante, e quando se gosta tudo se supera
Parto natural, de cesariana, ou com outro método o fundamental é mãe e filho depois se encontrarem bem.
Comentando:
Antes do amor uma miragem, depois a saudade dos tempos vividos, já não pedde ser miragem ou demanda esses serão futuro, mas (assim penso) francamente gostei porque captei o sentido.
Saudações com um beijo

gasolina disse...

Esta procura de ti diz-me muito sobre ti.
As tuas palavras instalam-se na sensibilidade e fragilidade de quem tem tanto sentir.

Tu és bela Papoila. Eu sei-o.

Deixo um beijinho nos girassóis.

Dara Samora disse...

Que lindo! (:

Alexandre disse...

O corpo delineado por riachos é uma imagem linda daquilo que podemos deixar navegar à imaginação... Tarde entrega da alma, é muitas vezes o que nos acontece quando hesitamos na demanda de nós próprios...

Muitos beijinhos!!!

SentidoS disse...

Linda, esta demanda. Papoila, sentidas e singelas andam as tuas palavras. Diria, perfeitas mesmo. Quanto ao meu texto...ascendência da alma...a esfera não simboliza o mundo...apenas um altar. Adorei esta frase..."Amada definhando desejos contidos, Nos amares falhados de corpos cruzados"...

Beijo Sentido

Claudia Perotti disse...

Ah! esse sentir que nos inspira tanto!

Beijinhossss

poesiadaspiramides disse...

quantas vezes esse oásis não passa de uma miragem
ji

antónio paiva disse...

..............

deliciosos devaneios, tantas vezes quase ilúcidos

mas deliciosos, por aqui se podem colher e saborear

..................

:)*

Noite serena

Joana disse...

lindo!!:)
gosto de estar aqui!
beijoo doce