domingo, 20 de março de 2011

Viajo



Viajo

Imagino vidas diferentes

Agarro a borracha mágica mas

Nem essa consegue apagar os momentos que persistem na mente

Da vida vivida

Folha de papel amarrotada

Escrita ao sabor da mão que me passou pela pele

Esquecida num caderno amarelecido pelo tempo

Gasto nas viagens da memória

Mas persisto em viajar

Tenho sede e fome

Dos carinhos idos no tempo

Anseio sorrisos

Perdidos no cruzar das memórias

Neste viajar

E teimo em perseguir no caminho

Vou além do destino traçado

Alma perdida

Em qualquer estação

Esperando recomeçar

BF


(foto minha)

8 comentários:

Maria disse...

Recomeçamos sempre, Papoila. Por mais obstáculos que tenhamos que ultrapassar, recomeçamos sempre. É da natureza humana...

Beijos e bom domingo.

AFRICA EM POESIA disse...

Que a Primavera nos faça...SORRIR...




PRIMAVERA



Amor...
Florir...
Sorrir...
E...


Na Primavera...
As flores...
Florescem...
Sorriem...
E...


Cativam o Amor...
E nós...
Deixamo-nos
Embalar...


E continuamos...
A Amar!...


LILI LARANJO

AFRICA EM POESIA disse...

campoemflor


CONVITE

A Direcção da Casa de Angola tem a honra de convidar V.Exa. para o lançamento do livro “Caminhei…caminhando” de Lili Laranjo, bem como a inauguração da exposição de pintura da mesma autora intitulado “Angola no meu coração” a realizar no dia 8 de Abril pelas 17h, que terá lugar no nosso auditório.
Na mesma data organizamos um jantar no nosso espaço gastronómico.
Para reservar queira por favor contactar os nossos serviços.
Com os nossos melhores cumprimentos

Miguel Sermão
Egidio Feijó
Departamento Cultural



Travessa da Fabrica das Sedas, nº7
1250-107 - Lisboa
Telef. 21 386 3496

José Sousa disse...

Poderá não ter sido a primeira vez que venho até seu espaço. Lindo mesmo! não só a estética, que é lindissimo, mas também o que nele coloca. Tudo mesmo muito bom! São escritos que saiem da alma e que faz mexer com outras almas!

Tudo de bom lhe desejo e voltarei mais vezes aqui. Seja meu seguidor, serei seu também!

Um beijo e um abração.

lua prateada disse...

Miga...minha alma compreende tão bem a tua...teu poema parece meu...
Vamos pensar na Primavera bem florida e o quão linda ela é...
Bjinho prateado

SOL

Guilherme disse...

È sempre bom vir aqui delicia-me com os teus textos e poemas. Quem me dera ter mais tempo para visitar as amigas.

Dois Rios disse...

A vida segue. A alma segue. O destino traçado é a próxima parada.

Beijo,
In~es

Sofá Amarelo disse...

Há sempre uma estação onde os destinos traçados se cruzam, e onde a viagem recomeça...