quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Cinzas


Esquecidas ficam as cinzas
No rescaldo deste inferno
Ardemos inteiros
Sugados por negras labaredas
Inferno sem fim
No âmago de nós

Cegos de Luz

Esgrimimos o destino
Com espadas sujas
Das veias cortadas
Com golpes certeiros
E esperamos vencer
Quando vencidos nos vemos

Salpicadas ficam as cinzas
BF



Imagens de um pescador :):)

4 comentários:

Maria disse...

Purificador é o fogo...
... ardentes as cinzas...

Beijo, Papoila

C Valente disse...

Passei e deixo saudações amigas

poetaeusou . . . disse...

*
queimados destinos
renascem das cinzas
vencendo os fadários
que nos agrilhoam . . .
,
libertas conchinhas,
deixo,
,
*

sercon disse...

hoje visitei esta tua loja, gostei... aproveito p desejar um bom natal!