terça-feira, 30 de outubro de 2007

Mensagem



Numa garrafa à deriva
Esta mensagem perdida
Esta pena com que escrevo
As emoções desta vida

Em ilusões transmutadas
Nas cinzas soltas ao vento
Almejando novos sorrisos
Em lágrimas de esquecimento

Interpretando as mensagens
Enviadas pelo coração
Tentando ler nas estrelas
Ou nas linhas da minha mão

Que a ilusão já acabou
Que os sonhos já são passado
E que os amores perdidos
Jamais serão retomados

BF

16 comentários:

Amaral disse...

Os "amores perdidos", sendo do passado, deixa-os ficar onde estão!
Mas eles podem "ser retomados" com outro élan, com outra força, com outros intervenientes, com a magia que não existiu noutras alturas.
A mensagem terá de ser positiva!
A ilusão é sempre simples ilusão, enquanto a mantivermos assim, à distância.
Porque a vida tem de continuar e há que serem criadas novas emoções para a fazer mais rica e diferente.

Solitude disse...

...as ilusões não acabam...os sonhos deverão ser sempre Presente...e os amores perdidos,sim, jamais serão retomados...mas perseguem nos a memória...ou talves seja só a mim!

bjokas!

Guilherme disse...

Os amores perdidos jamais serão recuperados, mas outros amores virão. Um beijo

Maria disse...

Vou contrariar os comentadores até agora: os amores "perdidos" podem ser "reencontrados" e, eventualmente, retomados.
Podem SIM!
Não estou a dizer que deva ser este o caso.... mas que podem, lá isso podem....

Beijinho

Maria Clarinda disse...

Maravilha de poema e de foto!!!!
E concordo com a Maria, "os amores perdidos" podem ser reencontrados...é um caminho tortuosoi, mas possível.
Jinhos mil

Lu@r disse...

O amanhã está logo ali
Vive a vida intensamente
as ilusões não passam
de "ilusões"

Beijo-te suavemente

J.G. disse...

4 quadras ao gosto popular, de muito bom gosto!

Um abraço.

Papoila disse...

Papoila
Gostei do poema... mas os amores perdidos podem ser reencontrados e renovados...
Beijos

Alice Matos disse...

"Interpretando as mensagens
Enviadas pelo coração
Tentando ler nas estrelas
Ou nas linhas da minha mão"...

Querida amiga... passamos tanto tempo da nossa vida tentando descodificar mensagens que ela nos traz... Por vezes issso é bom... por vezes menos bom... De qualquer forma faz parte da nossa natureza...

Beijinhos para ti...

Lice...

Fernanda e Poemas disse...

Olá Papoila, lindo poema, Mas...
Minha querida,um pouco mais de alegria.
Muitos beijinhos,
Fernandinha

Claudia Perotti disse...

Ahhhhh mas tem tanto lá na frente!
Beijinhosssss

astuto disse...

Tudo tem uma volta.

Bonito poema.

Força.

Dhyana disse...

Li tristeza, li desilusão, mas tb li reconhecimento e esperança (apesar de subtil, se calhar até inconsciente: "Almejando novos sorrisos
Em lágrimas de esquecimento")
Se almejas novos sorrisos, então é meio caminho andado para esquecer as lágrimas.
Beijos...

C Valente disse...

Numa garrafa perdida, tanto tesouro escondido
saudações amigas

Sant'Ana disse...

Amores perdidos são linhas de guia em amores futuros.
E ainda bem que houve lágrimas... são a verdade desses amores, a memória para o vindouro.

Geraldo disse...

Olá Papoila,
Teu poema é lindo. Digo até comovente. Será que um amor PERDIDO valeria mesmo ser retomado?
Encontrei não na garra à deriva mas na parte do teu Profile algo muito importante: "Eu, igual a mim mesma ... em busca
do nada com esperança de encontrar
a gota que faz a diferença"
Essa gota que faz a diferença vale mais que tudo.
Com carinho
do Brazil
Geraldo