domingo, 15 de julho de 2007

Paragens



Sapatos de verniz perdidos no chão,
Retratos caídos,
Água de jarra derramada
Rosa caída, murcha,
Lembranças de amores distantes,
Vividos, esquecidos no deambular
De fantasmas…
Transmutar desejos, quereres
Amanhãs
Vividos em duas paragens... vazias!
Ontem... no esperar... hoje!

BF
foto de minha autoria 


9 comentários:

Lumife disse...

Paragens da vida... de todos os dias...

Gostei da passagem pelo "BEJA". Volta sempre.

Linkei

Bj.

Gui disse...

Virá o dia em que os sapatos voltarão a brilhar nos pés, os retratos voltarão para cima da mesa, a jarra terá água nova e uma rosa vernmelha bem viçosa Os amores distantes serão esquecidos, e os fantasmas desaparecerão nasbrumas do tempo. O amanhã está já aí, e traz consigo a felicidade e um novo amor, talvez ainda mais forte. Um beijo

irneh disse...

O cenário do teu poema remete para um presente de desilusão. Mas "Não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe." Virão dias melhores, se as escolhas forem certas.

Quanto ao que me perguntaste no meu blog, eu nunca vendi um quadro. Tenho-os todos aqui em casa, alguns pendurados, outros não. Quando comecei a pintar,há cerca de um ano, foi para tentar aliviar a dor da perda do meu marido. Vender? Qualquer dia, se houver interessados, terei de vender, pois é um hobby caro e começo a não saber o que lhes fazer. Mas nem sequer imagino como o posso vir a fazer.

Beijinhos

Alice disse...

Por vezes parece-nos que tudo está em desordem e dificilmente se recomporá... O tempo ensina-nos o contrário... novas ordens se vão criando...
Beijinhos...

Papoila disse...

Olá!
Vou ter de linkar-te... Porque gosto de passar por aqui, Papoila!
Transmutar é palavra de esperança! As paragens vão deixar de estar vazias...
Beijos Vermelhos...

Dhyana disse...

Rosa.
Murcha.
As pétalas de que somos feitos, nem sempre resistem ao sopro da vida,
Mas tu, renascerás.
Beijos....

Isabel-F. disse...

simplesmente belas as tuas palavras ...

e...

adoro sapatos...


beijinhos e boa semana

Mustafa Şenalp disse...

çok güzel bir site.

SentidoS disse...

Olá Papoila!

Vim responder à dúvida que te assola a alma. O qu viste por certas bandas, é fruto de uma desenfreada "corrida" por números, certo é, que quantidade não é sinónmo de qualidade, daí, a minha dura mas verdadeira observação. São amigos de coração, por isso, as minhas palavras apenas de protecção. Certo é, que os aglomerados dão nisso, também eu já andei por aqui muito "preenchido", e tu sabes disso, porque o passado que leste gupos maiores existia. Deves certamente ter reparado que até ja os tive fechados, como resposta à não afluência de alguns pela qual não distinguiam palavras-homem, virtualidade-amizade. Isto são coisas, que se aprendem com o tempo. Imenso respeito tenho por ti, porque és sentida em todos os poros, discreta e inteligente. Mas, apenas tenho de respeitar qualquer decisão que queiras tomar, porque nutro o mais profundo respeito por ti...e assim continuará a sê-lo...

Um Beijo Sentido